quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Em busca de mim

"Sou
 a única pessoa do mundo
 que eu realmente queria
 conhecer bem"  

 Oscar Wilde



Em busca de mim

Já não sei quem sou
Onde me perdi?
O que de mim em mim restou?

Como queria sair desse labirinto
expressar tudo o que sinto
sem medo, sem pudor

Como queria me esquecer no tempo
acabar com todo esse sofrimento
Afogar, num pranto toda essa saudade..
acreditar que ainda há verdade

Esquecer todos os desenganos
Tecer outros planos
Pra tentar ser feliz

Quantos desejos perdidos pelo espaço
Quantos sonhos desfeitos pelo cansaço
já não sei quem sou e nem o que faço

Sou menina que precisa crescer
Sou uma mulher que precisa rejuvenescer

Quantos desenganos sem quê
Quanto amor pra quê?
Quanto medo de sofrer

Como queria gritar tantas verdades
Desenganar meu ser de enganos
Tecer outros planos
Pra tentar ser feliz


Como queria encontrar
luz na escuridão
Companhia na solidão

Como queria acreditar que aquilo
que digo ser tudo
Não são loucas esperanças

Como queria me encontrar
nesse labirinto

Não ser no mundo mais um errado
Que ainda vive do passado

Como queria deixar de me ocultar no tempo
Fazer agora a diferença
Pra no futuro ser quem eu sempre quis

Como queria
acabar com tantas mentiras
com esperanças perdidas
Traçar urgentemente uma nova vida


Yeda



Um comentário:

joao eudes disse...

gostei do post, meus parabéns

www.eudesjesuss.blogspot.com