domingo, 15 de maio de 2011

Quero encantar-me com teus encantos



Caminho sozinha
Querendo te encontar
Caminho entre pedras e espinhos
Nem sei onde parar


Caminho pelo escuro
Inventando paixões
Dando a cara contra o muro
Vivendo desilusões


Caminho por pegadas
Que não existem mais
Ando buscando o teu olhar
Perdendo-me diferentes cais

Caminho, caminho só pra te encontrar

Quero encantar-me com teus encantos
Poder sem nenhum medo, te olhar
Ver uma onda de sorrisos ocupar
O lugar de tantos  prantos




Caminho sem mapas, sem bússolas, sem orientações
Não sei qual a direção tomar
Caminho sozinha,
Sem saber se devo parar


Perdida, sem horizontes
Eu, ainda, não deixo de te procurar




Querendo te encontrar
Sou capaz de outros  tantos caminhos inventar
E sem medo de nada: viver a caminhar
Caminhar, caminhar
Só assim, serei imensamente feliz 
Quando  finalmente te encontrar


Amor, tenho tanta pressa: 
De encantar-me com teus encantos






"Amor, onde estás?
Que não respondes?"













7 comentários:

Marcelle (Celle) disse...

E quando o amor responde, pode ser tão cruel...prefiro q ele fique mudo em algumas ocasiões.

Thais disse...

caminhar em busca da felicidade...
em busca do que nosso coração deseja...

seu poema é muito bom
está de parabéns...

- Mariana Ferrer disse...

Texto incrível <3
Parabéns!
.
http://www.marilovers.co.cc/

pega ai! disse...

texto profundo e lindo

ja estou seguindo se quiser segue lá o meu

meu msn é: leonardofordance@hotmail.com

meu blog: http://qrirpegaai.blogspot.com/

Andy A. disse...

bela poesia ..gostei
seguindo seu blog , segue o meu

http://andyantunes.blogspot.com/

En Vida Real disse...

Hola mi amor, qué hermosa poesía. No camines desilucionada, el amor tocará a tus puertas pronto. Saludos desde Panamá ;-)

Daniel Santiago disse...

Poxa você sumiu hein, espero mais postagens moça!

Volteeeeeee

e visite se puder = dansantpensante.blogspot.com


beijos =)