quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Pensamento...

Se é sem o meu consentimento
Por que penso em ti a cada momento?


Cansada de tanto tormento
Vou pensar em uma maneira
De me livrar desse pensamento

Se muito insistir...
Não há nada
Que me impeça
De te jogar ao vento

Sem medo de arrependimento