quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Derrota e Vitória

Essa semana o país se dividiu entre aqueles ditos vitoriosos, aqueles que tiveram seus canditados eleitos e os derrotados que não conseguiram eleger seus canditados.
Bem, e eu como moradora de uma cidade pequena, sei muito bem como funciona isso. Mas, hoje eu fiquei pensando, até onde eu posso aceitar o slogan de perdedora. Perdedora eu? Por quê? Somente porque meu candidato não conseguiu a maioria dos votos. E toda a luta que ele travou na campanha política não faz dele um vencedor? Vencedor, sim. Claro! Lutou com honestidade, dignidade. E é isso que vale.
Não me sinto perdedora por que fui uma das 2.173 pessoas que acreditou que um filho de nossa terra teria condições de governar o município.
Onde há mais falsidade é na política! E a cada 4 anos isso se torna mais evidente!

Senhor, não quero perder a esperança, quero crer no amanhã... Quero aceitar e mudar o meu futuro! Sei que ele depende de certa forma do resultado das eleições, mas um dia com minha força de vontade e coragem superarei tudo isso...
O mundo dá voltas e os perdedores podem se tornar vencedores... E contrário também pode acontecer!


Obrigada por tudo!

Nenhum comentário: