sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Poesia





Poesia

Na noite cinzenta
busco através de ti colorir
a minha existência
Frases vazias
se juntam a outras
e vão te formando
Enquanto eu vivo
esta vida sem formas
È madrugada
Os fantasmas me assustam...
As palavras me confortam
Vou sobre o papel te criando
Com versos naufragados
Em lágrimas
Uma vida de melancolia
vai aos poucos se convertendo em poesia.




Yeda

3 comentários:

Marco Antonio disse...

Lindo, Yeda... isso é espírito poético... lindo.

jlou disse...

É lindo quando transformamos dor, solidão ou qualquer coisa parecida em poesia.... Porque tudo passa a ser mais bonito!

Abraço!

www.jlouthings.blogspot.com

dalmon_vr disse...

Otima poesia, teda!!!^^
adoro poesia, vc mandou muito bem..^^

linda!
*;