sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

Hoje


Hoje
nossa história
Está apenas na memória
Hoje
Resta somente fotografia
De uma época de alegria
Hoje
estamos distantes demais
Perdido em diferentes cais
Hoje
ainda resta em mim o amor
Não sei o que fazer com tanta dor
Hoje
Somos tão desiguais
Yeda

2 comentários:

Rafael disse...

A imagem que você escolheu tá legal.
A poesia foi escrita por ti?
Parabéns. gostei.
Abraços \o/

Rodrigo Morais (a.k.a. Piscina) disse...

Excelente texto.
Aliás, textos.
Seu blog é muito interessante.